Desligar música aqui

domingo, 9 de setembro de 2012

AMOR ETERNO - Elen de Moraes Kochman - (borboleta poeta)



Amor eterno

Elen de Moraes Kochman


O eterno amor que desde antigas eras
Tens buscado, pra doar teu coração,
Chegou enfim... despido de quimeras.
Realidade da tua paixão!


Serão felizes! Serás muito amado!
Retribuirás na mesma medida.
É a alma gêmea que tens desejado,
Vindo bater à porta da tua vida!


Sabemos que rápido o tempo passa,
Que a solidão à beira do caminho
É desmedida dor que nos devassa,


É má companhia, dorido espinho
Que a alma dos solitários traspassa.
Bom mesmo é amar! E não seguir sozinho!



2 comentários:

Eugenio Bezerra disse...

Captei a mensagem, minha bela e querida borboleta poeta, amiga de todas as horas, e competente intérprete dos sentimentos humanos, principalmente os dos amantes apaixonados. Abraço beijado!

Elen de Moraes K borboleta poeta disse...

São muitos anos de "estrada" pelos corações, querido amigo Eugenio! A gente acaba decorando as trilhas para não se perder pelos caminhos... Obrigada, sempre, por tuas gentilezas. Beijo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...