DESLIGAR AQUI O SOM

sexta-feira, 8 de março de 2013

FALANDO DE MULHER - Luiz Poeta






Falando de mulher

Luiz poeta ( sbacem -rj ) - Luiz Gilberto de Barros
Às 9 h e 10 min do dia 7 de março de 2005 -
Rio de Janeiro - Brasil



Como é difícil falar deste ser maravilhoso
Sublime, misterioso,  denominado mulher...
Como é difícil calar um verso impetuoso,
De um poeta habilidoso que no fundo sempre a quer...

Meu deus, como é complicado riscar um verso discreto
Que fale esse dialeto dos homens, pobres mortais,
Um verso bem  inspirado que  diga o que a gente sente,
Por elas... Que incompetentes que somos, que animais !  

A mulher é tão completa, sonhadora... Realista...
Que nós, os especialistas, delas não sabemos nada,
E não basta ser poeta, ser homem ou ser amante
Deste ser apaixonante, desta musa tão amada...

Para entender cada gesto ou ímpeto ou devaneio...
Quem não precisa de um seio para se tornar menino ?
Somos seres tão modestos diante desses monumentos,
Nunca estamos desatentos ao talento feminino.

A mulher é tão divina e o homem é tão carente...
Meu deus, como é atraente falar de uma mulher:
Inteligente, sensível, talentosa, companheira,
Eu daria a vida inteira para tê-la... Quem não quer ?

Mas tê-la inteiramente: no espírito,em pensamento...
Em todo e qualquer momento e... Na cama, por que não ?
Afinal, o coração de um homem só é completo
Quando este ser predileto habita seu coração.  


Poema publicado no livro 
" na pele da poesia" - de Luiz poeta
Direitos reservados ao autor - bnrj

Um comentário:

Malu Silva disse...

Passando para deixar meu carinho e respeito por este seu trabalho sempre sensível...
Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...