DESLIGAR AQUI O SOM

domingo, 31 de julho de 2016

LÁBIOS QUE NÃO BEIJEI - Elen de Moraes Kochman


Clicar na imagem para vê-la em tamanho maior
Lábios que não beijei

Elen de Moraes Kochman


Teus beijos, que o sabor nunca provei, 
teu corpo, que jamais acariciei,
hoje povoam minha fantasia.
Tudo que não tenho... o que mais queria!
Utópico prazer, fora da lei.

Falar-te do meu amor... nunca ousei.
Tão belos sonhos que não realizei...
Tanto te quis dizer quanto queria

teus sedentos lábios beijando os meus.

São minha alucinação, de hoje em dia,
as tuas mãos em mim - doce agonia! –
a arrepiar meus pelos... mas bem sei
que jamais essa emoção sentirei!
Cismo-me em teus braços ... e à revelia

beijo - em doces sonhos - os lábios teus.

(Todos os direitos reservados ao autor)

(rondó frances)
aabba
aab c
aabba c


Um comentário:

Rubens Alves de souza disse...

Lindo poema Elen, o palpitar do coração,
no anseio de querer o que não mais se pode ter,
O suplício da saudade de uma felicidade que se foi,
ou quem sabe apenas existiu em nosso coração...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...