DESLIGAR A MÚSICA AQUI.

sexta-feira, 9 de março de 2012

CORAÇÃO ACUADO - Elen de Moraes K




CORAÇÃO ACUADO


Elen de Moraes Kochman
 


Peito dói.
Tempo se faz lento...
Silêncio de ouro
Perde a nobreza,
Vira ferro oxidado,
Atassalhado,
Pelo grito pungente,
Perplexo...


Incredulidade
Tinge de funérea cor
A rasgada realidade,
Os precipícios da vida...
Que se debruça, cansada,
Sobre a estrada
Calcetada com as dores
De tantas perdas.



Alma enlutada
Entoa lamentos,
Despedidas...
Acena até logo
A quem parte...
Coração acuado
Rasteja-se
Pelos becos soturnos,
Assombrados,
Do meu resignado desespero.


Querido mano, 
na maioria dos dias, como hoje, eu te lembro, porque estaríamos comemorando teu aniversário...  noutros dias te adormeço no meu coração para seguir em frente... Sabiamos todo o tempo que Deus nos havia dado o ninho  de nossos pais, nesta vida emprestada, mas que um dia retornaríamos para junto Dele... uns antes, outros mais tarde... 
Foste apressado e nos deixaste mais cedo do que imaginávamos ou gostaríamos... Ficou a saudade ocupando teu lugar e esse teu olhar confiante, transbordante de vida. 
Até um dia!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...